INVERNO 2018

INVERNO 2018

INVERNO E SUAS CARACTERÍSTICAS

 

Nesta data a tajetória do sol é exatamente na linha do trópico de cancer.

Para o hemisfério sul, é o dia com menor insolação.

 

 

INVERNO 2018

Inícia em 21 de junho às 7:07hs e termina em 21 de setembro às 22:53 hs

Do latim: ¨tempus hibernus¨ – hibernação – É a época em que dentro do ciclo biológico, muitos animais se recolhem para se proteger do frio intenso, as espécies homeotérmicas como Esquilos, Morcegos, Ratos, e Ouriços são alguns que hibernam.

Muitas espécies de aves migram para outras regiões mais quentes, como a andorinha.

Insetos entram em diapausa (parada das atividades), e ficam no estado metabólico baixo, devido a escassez de alimentos e é peculiar das Borboletas, Besouros e Mariposas.

As formigas também diminuem as atividades e se agrupam nas câmaras no subsolo, consumindo o alimento armazenado durante o outono, como é o caso das Saúvas.

Abelhas e vespas também hibernam pois não são tolerantes a muito frio, e também pelo fato da escassez de flores.

Muitos batráquios e anfíbios também se hibernam ficando ocultos em tocas e buracos.

Os seres humanos não cessam suas atividades durante o inverno, devido à sua sabedoria e ciência, e também ao sistema econômico, visando o seu desenvolvimento, visando a preservação e conservação das atividades laborais, porém no inverno, sofrem também da influência na questão saúde.

O frio influi no comportamento, hábito alimentar e vestuário e correm riscos de contraírem doenças do inverno pela falta de umidade no ar, vivem em grupos (ambiente doméstico, escolas, cultos religiosos e festividades) e que na época do frio, não se expõe ao ar livre comumente das outras estações, expondo-se ao risco, como ondas de gripe e doenças infecto contagiosas transmissíveis pelo ar.

O Brasil, com dimensões continentais, abrangendo desde a parte acima do equador terrestre até a parte subtropical do capricórnio, com uma geografia e geomorfologia muito variada com planícies extensas, planaltos e regiões serranas, com grande biodiversidade, e os brasileiros, vivem de acordo com seus costumes, tradições e adaptações, com explorações agrícolas e industriais diretamente relacionado às características climáticas.

Na agrícultura, com o avanço tecnológico, o Brasil produz commodities agrícola em grande escala, graças às descobertas científicas, com produção de variedades de plantas adaptadas ao clima regional, à ponto de não ser muito comum no mercado consumidor à varejo, vendas de frutas e produtos regionais como uvas, abacaxi, laranjas, melões, melancias, batatas, cereais e legumes que antigamente, era comum se falar em temporadas de alguns produtos agrícolas.

 

 

Professor Hiroshi Paulo Yoshizae   –    20 de junho de 2018

Compratilhar...Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. Both comments and pings are currently closed.

Comentários encerrados.